Uma das áreas que considero não terem sido bem tratadas durante o governo Lula é a Educação.

No Correio Braziliense de hoje há uma entrevista com a Secretária Adjunta de Recursos Humanos do Ministério do Planejamento, Maria do Socorro Mendes Gomes.  Lá pelas tantas, lê-se isto:

CB – Os professores e os servidores do INSS já integram o clube das carreiras típicas de Estado?

Os servidores, de um modo geral, que trabalham com a política pública, são agentes fundamentais de garantia de cidadania. E a cidadania não é só na perspectiva do social-assistencial, mas na perspectiva das políticas que mudam a remuneração das classes menos favorecidas.

Li da esquerda para a direita, da direita para a esquerda, de cima pra baixo e de baixo pra cima, e concluí que a frase é um belo exemplo da arte de não dizer nada.

Anúncios