Nossas esperanças de reeditar o Reino Unido de Portugal e Algarves podem estar abaladas:

Portugueses exigem retratação de Maitê Proença por piadas

Um vídeo que mostra a atriz Maitê Proença durante uma viagem a Portugal motivou a criação de um abaixo-assinado na internet que exige “um pedido claro de desculpas” da atriz, informa uma reportagem publicada hoje pelo português “Jornal de Notícias”.

A gravação, que foi ao ar em 2007 no programa “Saia Justa”, do GNT, mostra Maitê fazendo piadas durante a visita ao país. Entre outras coisas, ela brinca com uma placa pendurada ao contrário em frente a uma casa e sobre problemas que enfrentou no hotel em que estava hospedada.

“Tive problemas com a internet do hotel e pedi um técnico para arrumar. Mandaram um técnico que não sabia nada de informática. Ele olhava pro meu mouse como se fosse uma capivara”, diz a atriz em um trecho do vídeo (assista abaixo).

“Depois a gente fala de português, que eles são esquisitos. Mas é assim mesmo”, afirma a atriz já no final do vídeo, antes de cuspir em uma fonte.

A reportagem do “Jornal de Notícias” ainda comenta o fato de todas as apresentadoras do programa gargalharem após a exibição do vídeo.

De acordo com a reportagem, o abaixo-assinado pede “um pedido claro de desculpas da atriz ao povo português, seja por escrito, oral, ou em vídeo”.

***

Na matéria do jornal português, Maitê se redime…mais ou menos:

“Não falei mal de Portugal, amo Portugal, os portugueses, tenho amigos e visito o país sempre que dá”, disse a actriz ao JN. “Meus livros são publicados na terrinha e vendem muito bem”, acrescentou.”

Ainda bem que a Maitê não é jornalista.  Senão teria que explicar essa história de “cuspir na fonte”.

***

Isso tudo mostra que a vingança é um prato que se come frio, e com bacalhau.  Afinal o raio do vídeo é de 2007 mas só agora atingiu a honra dos conterrâneos…