O Senador Tom Coburn _ médico, representante republicano pelo Oklahoma _ acaba de lançar uma guerra contra a ciência política.

Em uma proposta legislativa, ele simplesmente propõe acabar com o financiamento de toda a pesquisa em ciência política pela NSF, a National Science Foundation norte-americana.  Motivo:

“”Americans who have an interest in electoral politics can turn to CNN, Fox News, MSNBC, the print media, and a seemingly endless number of political commentators on the Internet.

Brincadeirinha, não é esse o motivo não.  Bom, sim, ele disse isso, de fato.  Mas eu desconfio que o motivo real é este:

The National Science Foundation has misspent tens of millions of dollars examining political science issues which in reality have little, if anything, to do with science [such as]….

The Human Rights Data Project: which concluded that the United States has been “increasingly willing to torture enemy combatants and imprison suspected terrorists,” leading to a worldwide increase in “human rights violations” as others followed-suit;

Sua lista de “abominações”, isto é, exemplos de mal emprego do dinheiro público, também cobre:

$11,825 to study “Prime Time Politics: Television News and the Visual Framing of War;

$91,601 to conduct a survey to determine why people are for or against American military conflicts;”

Daniel Drezner, Crooked Timber e Monkey Cage cobrem o assunto.

***

É pena que existam democratas nos EUA, pois penso que, deixados entregues a si mesmos, os Republicanos rapidamente levariam seu país à Idade da Pedra.

Anúncios