Barry Eichengreen em entrevista à Agência Estado:

“O  senhor acredita que veremos as importantes reformas no sistema financeiro global ou há o risco de elas serem esquecidas uma vez que a situação se acomode?

Eichengreen – Há esse risco e cada vez mais eu lamento a decisão da administração de Obama de ir adiante com a reforma na saúde. Acho que deveriam ter focado na reforma financeira enquanto todas memórias da crise ainda estão frescas. E o comunicado que tivemos do encontro do G-20 é muito amplo, com princípios gerais, mas que não estão no caminho de ações concretas.”

***

Concordo totalmente.

Anúncios