Via Estadão,  fico sabendo que Ratz aprontou outra:  resolveu dar um mole para os esquerdopatas ambientalistas antimercado…

Em encíclica, papa critica mercado e pede reforma da ONU

Em “Caridade na Verdade”, Bento XVI afirma que a economia não elimina o papel do Estado na sociedade

Papa lança sua terceira encíclica ROMA – O papa Bento XVI divulgou nesta terça-feira, 7, sua terceira encíclica – o documento religioso mais importante escrito por um pontífice – no qual afirma que a economia não elimina o papel do Estado. De forte conteúdo social, o texto “Caritas in veritate (Caridade na verdade)” argumenta que a economia precisa de ética e que o mercado “não é o lugar de atropelo do forte sobre o fraco”.

“As finanças, após seu mau uso, que prejudicou a economia real”, retornem a ser um instrumento orientado ao desenvolvimento”, diz o papa.

Bento XVI defendeu ainda pede uma urgente reforma da ONU. “Urge a presença de uma verdadeira autoridade política mundial que se atenha de maneira coerente aos princípios de subsídio e de solidariedade”, escreveu.

O pontífice também trata o tema do meio ambiente e afirma que as sociedades tecnologicamente avançadas “podem e devem diminuir” suas próprias necessidades energéticas e devem avançar na pesquisa sobre energias alternativas.”

***

Desse jeito Tio Rei acaba excomungando o Papa…tem gente que não vai dormir hoje!

Anúncios