Não, não vou falar sobre o grande evento paulista.

É o seguinte, já há algumas semanas eu e minha consorte temos reparado no elevado número de animais silvestres avistados nas estradas de Brasília, vivos ou atropelados.  Há umas duas semanas vi um lobo guará andando por uma campina no final da Asa Norte, e hoje, quase atropelei um tamanduá no Lago Sul.

Alguma coisa está havendo; desconfio que estão avançando sobre reservas florestais em alguma parte do DF.  O novo PDOT (Plano Diretor de Ordenamento Territorial), recém sancionado pelo governador do Distrito Federal, alterou o padrão de ocupação do território, transformando 28 zonas rurais em urbanas.  Pode já ser um efeito disto.

Se mais alguém aí também mora no DF e está notando algo do gênero, por favor se manifeste.