Tio Rei transcreve matéria do Estadão:

Tucanos querem proibir na Constituição venda da Petrobras

sexta-feira, 5 de junho de 2009 | 7:06

Por Eugênia Lopes e Christiane Samarco, no Estadão:

Para evitar a todo custo o rótulo de “privativistas”, em véspera de ano eleitoral, os tucanos querem proibir na Constituição a venda da Petrobrás. O deputado Otávio Leite (PSDB-RJ) foi incumbido de apresentar proposta de emenda constitucional (PEC) estabelecendo que o controle da Petrobrás é exclusivo da União. Líder da minoria na Câmara, Leite obteve apoio à proposta de praticamente todos os partidos. Foram 224 assinaturas de deputados do PMDB, do PT, do PP, do DEM, do PR, do PSB, além do PSDB.

“A proposta é, antes de tudo, um brado para deixar claro, à Nação brasileira, nossa posição em defesa dos interesses nacionais, em defesa da Petrobrás”, argumentou Leite. “É uma vacina para esse quadro em que o PT acusa a oposição de querer privatizar a Petrobrás”, observou o líder do DEM na Câmara, Ronaldo Caiado (GO).

No mês passado, o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, acusou a oposição de usar a CPI para “desmoralizar a Petrobrás” e, depois, privatizá-la. “O que queremos é desvendar as bandalheiras na Petrobrás, mas o PT quer desviar o foco, como se quiséssemos privatizar a empresa”, disse Caiado.

“É uma resposta ao PT, que difundiu a ideia de que queremos privatizar a Petrobrás. Como o governo tem maioria na Câmara e no Senado, basta agora aprovarem essa emenda que ficará excluída a história de privatização da empresa”, afirmou o senador Álvaro Dias (PSDB-PR). Para o tucano, a emenda não terá influência nos rumos da CPI da Petrobrás. “Até porque a tese exposta pelo PT não é sincera e sim uma tentativa de atingir pessoas mais ingênuas, que podem achar que queremos privatizar a Petrobrás.”

***

Isso me lembra uma frase: “Paris bem vale uma missa”.

***

Infelizmente ele não “comenta”.

***

Mas a memória…ah, sempre a memória:

petrobpriv

Anúncios