You are currently browsing the daily archive for maio 18, 2009.

A revista GQ tem uma matéria online sobre Donald Rumsfeld.   A matéria já rendeu vários posts interessantes por parte da equpe do Washington Monthly.

Realmente revelador é o slide-show mostrando as capas das apresentações feitas por Rumsfeld a Bush todas as manhãs.  Um exemplo:        

gqslides

(clique para ampliar)

O slide é tacanho em sua apresentação.  Mas duvido que seja tacanho na sua confecção. Rumsfeld sabia que Bush é um renascido, um ex-alcóolatra que se redimiu na igreja evangélica.  Sua apresentação da campanha no Iraque a Bush como a realização de uma tarefa de proporções bíblicas certamente não foi algo feito à toa _ era uma retórica calculada para tirar o máximo do Presidente.

prostituicao.2

No Correio Braziliense, matéria falando sobre a curiosa migração das prostitutas da quadra 315 _ a famosa “trezentos e queens“, por motivo que ficará óbvio para quem ler a reportagem _ para toda a extensão da avenida W3 norte, uma das mais importantes vias de Brasília.

A reportagem vai muito bem até que…aparece este parágrafo:

Há um cheiro de sexo impregnado em toda a Avenida W3 Norte. Principalmente quando a madrugada avança. É o clamor do “pecado” trazido pelas moças de microvestidos, minissaias e shorts bem curtos — independentemente se na madrugada faz frio ou calor. Sentam-se nos pontos de ônibus. Cruzam as pernas. Jogam os cabelos. Retocam a maquiagem. Ajeitam um ou outro detalhe na roupa sensual. Estão prontas para a luta.” [grifo meu]

Esse repórter fumou alguma substância proibida. Ou frequentou alguma faculdade de jornalismo não suficientemente isolada da epidemia de chavões que assola o país.

Aqui.

Watching the sausage get made isn’t always pretty. But it ensures a better sausage than if no one is watching.

_ Ezra Klein, em alusão a Bismarck no primeiro post de seu novo blog no Washington Post

***

I definitely agree.

y1pMhISK64zZnstYNDMIuIWi5TBk0wjcx5ft8QTWOAiTf2FtHFttjZCodUyEc5zVKbSI3x8Wmyr42wWVTQBZ_202XeE2sHaJnDC

O NYT de hoje veio com uma interessante matéria de autoria de David Kilcullen (dito conselheiro de contrainsurgência do general Petraeus entre 2006 e 2008) criticando duramente a estratégia (ou, segundo ele, tática substituindo a estratégia) de usar “drones” (avionetas não-tripuladas) para neutralizar terroristas ligados à Al-Qaeda nos territórios tribais do Paquistão:

The drone campaign is in fact part of a larger strategic error — our insistence on personalizing this conflict with Al Qaeda and the Taliban. Devoting time and resources toward killing or capturing “high-value” targets — not to mention the bounties placed on their heads — distracts us from larger problems, while turning figures like Baitullah Mehsud, leader of the Pakistani Taliban umbrella group, into Robin Hoods. Our experience in Iraq suggests that the capture or killing of high-value targets — Saddam Hussein or Abu Musab al-Zarqawi — has only a slight and fleeting effect on levels of violence. Killing Mr. Zarqawi bought only 18 days of quiet before Al Qaeda returned to operations under new leadership.

Robert Farley, do Lawyers, Gun$ and Money, tem outro ponto interessante:

At an intel talk last semester at Patterson, a speaker suggested that the drone strategy had been fairly successful in culling Al Qaeda leadership. Someone from the audience asked whether drone strikes in Ireland (not to mention Boston) in the 1980s would have been an effective way of dealing with the IRA. I think it’s a hard point to argue; it’s easy for me to imagine the IRA turning each strike (and each civilian death) into a fundraising and recruitment bonanza in Ireland and the US. The situation with Al Qaeda is a bit different in that the IRA had less far reaching aims and was more popular in its target population, but nevertheless the analogy carries some weight.

E isso aqui me fez pensar:

The first raids may be successful, but over time individual terrorists become more careful, develop alternative methods of communication, and shield themselves with ever greater numbers of civilians. As time goes by, you’re killing terrorists successively lower on the rung with progressively more limited intelligence.

Meio cruzeiro furado para quem adivinhar quem é que vai estar bem representado na resistência contra Skynet…

hk

maio 2009
D S T Q Q S S
« abr   jun »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  
Add to Technorati Favorites

Blog Stats

  • 1.562.056 hits