mount_everest-1

Você, sem (mais) fronteiras

Certa feita me aventurei no tipo de faina em que os jovens se aventuram, e que consistia em subir por uma serpenteante trilha no meio do mato até o alto de uma sobranceira montanha.  O local era paradisíaco, me asseguraram, e praticamente intocado pelo Homem, que ainda mal deixara ali os sinais característicos de sua desastrada passagem.

Quando chego no alto da trilha, me deparo com um sujeito baixinho com uma caixa de isopor.

_ Vai côco?

***

Pois esta notícia aqui me deixou com o mesmo sabor na boca:

Operadora instala antena no topo do Everest

KATMANDU – Uma companhia de telecomunicações do Nepal planeja expandir seus serviços de telefonia celular para o topo do monte Everest, a maior montanha do mundo.

Centenas de alpinistas, que escalam os 8.850 metros do Everest todo ano, dependem de caros telefones por satélite para falar com seus familiares, já que a remota região do Himalaia não possui recursos de comunicação.

“Nós vamos montar torres móveis em Thakdin, Manjo, Pheriche e Gorak Shep, deixando o cume do monte Evereste dentro da área de cobertura”, disse Anoop Ranjan Bhattarai, diretor da unidade de serviços por satélite de Nepal Telecom.

Gorak Shep, na região de Solukhumbhu, está localizado perto do campo base do Everest. “Uma torre móvel fornecerá conectividade aos alpinistas no topo”, explicou Bhattarai, acrescentando que a companhia espera finalizar o trabalho até meados de junho.

Chuvas de monção anuais normalmente começam na metade de junho, quando o transporte de equipamentos pelas trilhas montanhosas se torna difícil.”

***

Só falta o Luciano Huck abrir uma pousada lá.