Deu no Estadão:

Reajustes para militares estão garantidos, diz Nelson Jobim

Ele falou que verba já foi aprovada e que crise não fará mudanças; valor também será investido em aeroportos

RIO – O ministro da Defesa, Nelson Jobim, disse nesta terça-feira, 14, que o Orçamento e os projetos do Ministério não terão cortes por causa da crise, já que todas as iniciativas são de médio e longo prazo e contam com financiamento externo. Segundo ele, entre janeiro de 2009 e julho do ano que vem, os oficiais de quatro estrelas terão um reajuste médio de 36% a 40%, enquanto os recrutas serão reajustados em 130%. (…)”

***

A partir de julho: greve no serviço público.  Tão certo como 2+2 são 4.