Meus 4,5 leitores já devem estar carecas de saber que uma cópia pirata de “X-Men Origins: Wolferine” escapou da escola do professor Xavier e caiu nas redes de bitorrent dos intertubes.

A preocupação da Fox é grande, embora a empresa esteja alegando _ talvez para tentar alterar o filme e preservar a aura de novidade na hora do lançamento, daqui a um mês _ que a cópia vazada é incompleta e de péssima qualidade.

Porém, X-Men Origins é O blockbuster de verão da Fox, e sua flopagem seria um problema sério para a distribuidora.

Veremos, portanto, se o efeito “Tropa de Elite” se reproduz no caso do filme americano ou não.  Há quem diga que o vazamento do filme brasileiro (aliás desvendado) apenas colaborou para aumentar sua popularidade, levando mais gente para ir vê-lo nas telas.  “Tropa de Elite” também vazou com grande antecedência, coisa de dois meses antes de sua estréia.   Porém há que se descontar uma diferença: havia grande expectativa com “Tropa” por ser um filme nacional aparentemente bom, coisa que já não é novidade para blockbusters americanos.

A ver.  Ou não.  :)