You are currently browsing the daily archive for fevereiro 12, 2009.

Eis a prova de que a ironia, esta incompreendida, não sobrevive ao transporte entre línguas mesmo estreitamente aparentadas.  Lembram do meu post “Primeirão!“?  Pois o rapaz ali citado respondeu:

Saludos!

Por casualidad me encontré con este blog y esta charla acerca del nombre HERMENAUTA donde, además de citarme textualmente aclaran que mi intención es la de “usurpar” la marca o el nombre.
Por mi parte les puedo decir:
El nombre HERMENAUTA lo ideé el año 2002 a partir de las ideas y conceptos que se mencionan en Myspace (www.myspace.com/hermenauta), tomando como inspiración el nombre de El Eternauta (obra narrativa y gráfica clásica de la Argentina), y drl concepto de Hermenéutica procedente de la vieja Grecia. Al adoptar este nombre como título para lo que será una obra personal y luego un proyecto de banda musical, me puse a investigar acerca de su alcance en la web y, fue sorpresivo saber que nuestro nombre ya existía dentro de algunos círculos intelectuales y literarios, y más aun formaba parte del ideario de la obra de Antonio Polo en su libro “La Vida En Hermenauta”, donde el nombre remite a un lugar.
Ahora bien, sin el más mínimo ánimo de hacer polémica sobre el tema ni reclamar derechos… me parece que el nombre ya tiene bastante recorrido antes de mi iniciativa acá en Chile y la de Uds en Brasil… y considero un poco desafortunado el comentario acerca de que nuestra intención acá es la de “apenas usurpar” la marca o lo que sea que Uds llamen Hermenauta.
Les deseo suerte en lo suyo….
Gracias
Jaime Daire
HERMENAUTA – CHILE

***

Na verdade eu já conhecia o livro “La Vida En Hermenauta”, mas de buscas no Google.  Eu realmente “inventei”, ou pensei ter inventado, o nome “Hermenauta” _ o que não é nenhum grande feito de linguagem, por sinal.

Jaime, se você voltar aqui e ler isso, acredite, o post era apenas irônico, e a “acusação” feita a você um gracejo, seja lá como se diga isso em argentino.  Abraços!

Anúncios

O sociólogo voltou às origens universitárias:

FHC defende descriminalização da maconha para uso pessoal
Ex-presidente explicou que a sugestão de descriminalização não significa ‘tolerância’, mas saída para erradicação

BRASÍLIA – A descriminalização da posse de maconha para o consumo pessoal pode ser uma das saídas para a erradicação das drogas. Uma avaliação sobre essa possibilidade é uma das sugestões do relatório apresentado nesta quarta-feira, 11, pela Comissão Latino-Americana sobre Drogas e Democracia. A organização não-governamental tem à frente os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso , César Gaviria (Colômbia) e Ernesto Zedillo (México).” [grifo meu]

***

Mas também, nessa companhia, era a droga mais leve que ele conseguiria descriminalizar, né não?

***

E Tio Rei?  Não gostou

Deu no Estadão:

pacserra

Sugiro mudar o nome do Palácio Bandeirantes para “Ortanco“…

coala_ap

A incrível história do coala que se salvou de virar churrasco.

Add to Technorati Favorites

Blog Stats

  • 1.560.790 hits
Anúncios