No Valor de hoje:

Cresce a desigualdade nos países ricos, mostra relatório da OCDE

SÃO PAULO – A eficácia da política de bem-estar social caiu nos países da Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), segundo um relatório divulgado ontem. A organização adverte que se acentuaram as desigualdades sociais e a pobreza em 75% dos seus 30 países-membros nos últimos 20 anos.

Entre os países onde essa disparidade aumentou mais significativamente estão os EUA, o Canadá, a Alemanha, a Itália e a Noruega. O México e a Turquia encabeçam a lista dos países mais desiguais.

O estudo aponta que a desigualdade [diferença entre a renda dos mais ricos e dos mais pobres] subiu de 7% a 8% em relação aos anos 80, e a quantidade de pobres, de 9,3% para 10,6% da população.

A organização alerta para a necessidade de os governos intensificarem as medidas sociais para que os efeitos da crise econômica vivida atualmente não sejam devastadores para os menos favorecidos.

” Eu asseguro que foi uma coincidência este relatório ter ficado pronto justamente agora, nós não tínhamos previsto essa crise. Mas, o fato é que os resultados deste estudo serão de uma grande importância na decisão das medidas a serem adotadas a partir de agora ” , disse o secretário-geral da OCDE, Angel Gurría.

” As desigualdades estão emperrando o crescimento de todos os países. As desigualdades levam à polarização da sociedade e aumentam as tensões sociais e as medidas econômicas como protecionismo, que não são favoráveis ao liberalismo econômico. ”

O relatório afirma que o crescimento econômico verificado a partir da década de 1990 e proporcionado à custa do livre mercado acabou gerando um maior enriquecimento dos que já eram ricos e uma menor mobilidade social, ou seja, os pobres continuaram pobres ou ficaram ainda menos favorecidos.

Outra conclusão é a de que, dos países em desenvolvimento que integram a organização, a Índia e a China, não fazem parte daqueles onde as desigualdades aumentaram. Nestes países, a mobilidade social foi maior, o que comprova o efetivo desenvolvimento em relação há 20 anos. O Brasil não integra a OCDE.”

Mas tem gente que ainda baba na gravata.  E isso para não falar da vast left wing conspiration…   🙂

Anúncios