A quem interessar possa, informo que o post “E ainda tem as louras“, embora não tenha repetido o desempenho recordista de “Leila Lopes e o pornô” (primeirão do rank, com quase quatro vezes mais hits que o segundo colocado),  teve também uma performance invejável e é agora o décimo post mais visitado deste blog.

Se a coisa se deve às louras, aos méritos próprios da discussão ou ao comportamento obsessivo do Adriano, é uma questão para as futuras gerações.   🙂