plantadonautilus.jpg

Developing a taste for engineering 

O Inagaki fez uma promoção (só vi agora..) perguntando qual o livro que mais marcou a infância dos seus leitores.

O meu é Vinte Mil Léguas Submarinas, o primeiro livro que li, em uma edição de bolso da Ediouro que meu pai me deu. Meu pai morreu e até hoje eu não sei porque ele me deu esse livro. Eu fantasio que devia ter uns 8 anos. Mas pode ter sido aí pelos 10, 11. Eu fui um leitor voraz desde que aprendi a ler _ e, detalhe, não me lembro do processo de aprendizado, ele foi apagado da minha memória. Só me lembro de ver figurinhas e de “de repente” ser capaz de ler o que estava escrito nelas.

Muitos e muitos anos depois, lendo a série sobre a ditadura militar do Elio Gaspari, fui descobrir que os livros prediletos do pequeno Geisel eram as obras de Júlio Verne _ em sua pobreza riograndense da colônia, que não tem nada a ver com a miséria dos grandes centros de hoje, ele tinha a coleção completa em casa. E parece que Geisel atribuía a isso o seu pendor pela tecnologia e pelo desenvolvimento.

Assino embaixo.

Anúncios