(clique para ampliar)

Inauguraram esta semana o prédio mais alto do mundo: o Burj Dubai (ou Torre Dubai em português, recentemente renomeado Torre Khalifa).

Trata-se de um filho tardio da bolha imobiliária.   Significativamente, está situado no mesmo país que agora há pouco ensaiou dar um tiro na recuperação da economia mundial.

Procurando pelo bicho, deparei-me com um modelo que mostra a total dimensão do complexo imobiliário que se pretende construir no arenoso país.

O Emir que comanda o local pretende completar a transformação de Dubai em um grande centro financeiro e turístico, movimento que pôs em curso há alguns anos já antevendo o fim da riqueza petrolífera do país (de fato, diz a Wikipedia que o petróleo já é responsável por apenas 6% das receitas de Dubai _ o que já pode ser um sintoma).

Claro que isso foi uma boa idéia, mas também me parece a receita para uma bolha, principalmente dado o prazo relativamente exíguo para a consecução dessa transformação.

About these ads