Deu no Globo:

Cantora Sinead O’Connor exige renúncia de Bento 16

DUBLIN – A cantora Sinead O’Connor pediu na sexta-feira que o papa Bento 16 renuncie por causa de um relatório do governo irlandês acusando os líderes da Igreja de acobertarem o abuso sexual de crianças por 30 anos.

O Vaticano divulgou um comunicado na sexta-feira dizendo que o papa se sentiu “traído, envergonhado e ultrajado” por causa do escândalo e iria escrever ao povo irlandês sobre o abuso sexual.

Mas Sinead, que certa vez irritou católicos ao rasgar uma foto de João Paulo 2º ao vivo na televisão, disse em uma carta publicada em um jornal britânico que o papa se manteve em silêncio por tempo demais sobre o abuso sexual infantil.

- Eu exijo que o papa renuncie por seu silêncio desprezível sobre a questão e seus atos de não cooperação com o inquérito – escreveu O’Connor em uma carta ao jornal “The Independent”, publicada antes de uma reunião entre líderes da igreja irlandesa e o papa no Vaticano.

- Os papas não tiveram problemas em dar suas opiniões quando quisemos pílulas anticoncepcionais ou o divórcio – disse Sinead.

- Não tiveram problema em criticar o Código Da Vinci. Nenhum problema em criticar Naomi Campbell por usar uma cruz adornada com joias. Mas quando se trata dos males feitos por pedófilos vestidos de padres, eles ficam em silêncio. É grotesco, inacreditável, bizarro e inédito. Eles não defendem nada além do mau.”

***

A Sinead só pode estar se promovendo, porque, quanto à prevaricação da ICAR nessa matéria da pedofilia sacerdotal, todo mundo já está careca de saber disso.

About these ads